LANÇAMENTOS DE ABRIL

03/04/2020

Daniel Peixoto + Filipe Catto, curta do Lúcio Maia, A Banda Mais Bonita da Cidade, IRA!, Gil e Baiana e mais!!

 


 

 

POSTAL DE AMOR - DANIEL PEIXOTO E FILIPE CATTO

 

Peixoto lança uma versão para a música de 1975 gravada por Fagner e Ney Matogrosso. O lançamento é parte de um projeto do cantor de lançar regravações.

 

"Eu sempre amei essa gravação. Eu sou cearense, o Fagner é do Ceará, então, por mais que essa música não tenha se tornado um hit, lá no Ceará ela é bem popular. Eu sempre adorei e sempre tive vontade de gravá-la, mas esteva esperando o momento certo. Quando eu decidi, imediatamente eu pensei no Filipe Catto, já que o original é um dueto entre o Fagner e o Ney. O Filipe, em minha opinião, é o melhor cantor dessa geração que a gente faz parte e eu tinha certeza que ia acontecer o que aconteceu. Ele iria transformar a música e dar ainda mais beleza pra uma obra que já é incrível", diz Peixoto 

 

OUÇA AQUI.

 

 

QUIÇA - A BANDA MAIS BONITA DA CIDADE

 

Com "desejos e sentimentos de um mundo mais bonito", o grupo lança a faixa que traz a parceria de Labaq. Além da nova música, a banda chega em novo formato, agora um quarteto. Ouça abaixo:

 

 

 

 

CHUTO PEDRAS E ASSOBIO - IRA!

 

Terceiro single do novo disco da banda, o primeiro de inéditas desde 2007.

 

OUÇA AQUI

 

 

(Carina Zarantin/Divulgação)

 

 

NOBREZA - LADAMA

 

Grupo formado por mulheres de várias partes das Américas e que lançou o primeiro disco 2017. Agora elas anunciam novo álbum, "Oye Mujer", com produção do brasileiro Kassin. O single abaixo foi escolhido para lançar o projeto:

 

OUÇA AQUI

 

 

(Yanina May/Divulgação)

 

 

LÚCIO MAIA - NASCIMENTO DE UM INSTANTE E AURORA

 

O primeiro disco solo do guitarrista da Nação Zumbi ganhou desdobramento. Duas faixas do álbum dão o nome [e servem de trilha] ao curta metragem "Nascimento de um instante e Aurora". O filme nos transporta para o universo de um baile da terceira idade. Cheios de energia e boas histórias, os idosos levam o espectador para seu mundo cotidiano com uma linda surpresa ao final.

 

 

 

 

GIL BAIANA AO VIVO EM SALVADOR - GIL E BAIANASYSTEM

 

Disco gravado em novembro do ano passado reuniu o cantor e a banda baiana no mesmo palco.

 

OUÇA AQUI

 


 

 

 

WRONG PLACES - H.E.R.

 

Nova música da cantora Gabriela "Gabi" Wilson, um dos destaques da cena americana de R&B contemporâneo.

 

 

 

 

SIN WIFI (REMIX) - LIRICISTAS E MORAL DISTRAÍDA

 

Novo single do grupo de rap chileno Liricistas e Moral Distraída, em parceria com Rashid e Drik Barbosa.

 


 

 

***


DEAD FISH - NÃO TERMINA ASSIM

 

Música do mais recente disco da banda, "Ponto Cego", acaba de ganhar clipe. Dirigido por Rafa Godoy com direção de arte de Jordana Hissa, o vídeo feito em animação, traz duras críticas ao Brasil de hoje, assim como a letra da música.


"Poucas vezes durante toda nossa longa carreira me permiti me colocar no lugar de um artista. Sempre me foi mais confortável por muitos motivos, me colocar no papel de trabalhador, como qualquer um em qualquer meio. Esse clipe, definitivamente funde as coisas; arte e trabalho, função social, beleza estética e mostra que uní-las pode nos salvar dessa redução medíocre imposta pelo capitalismo" - conta o vocalista e compositor Rodrigo Lima. "Adorei esse trabalho, tão necessário para esse momento e um dos clipes mais legais que já lançamos. Divirtam-se".

 

 

 

 

ELZA SOARES - CARINHOSO

 

Cantora lança uma releitura da música composta por João de Barro e Pixinguinha. A nova versão é suingada e marcada por um ‘tempero’ jazz (um pedido pessoal de Elza), arranjos de cordas, percussão e beats — alinhando o clássico ao moderno. "Essa é uma canção que Pixinguinha e João de Barro fizeram com imenso carinho. Uma música e uma melodia que são um escândalo. Canto “Carinhoso” do jeito que eu gosto, do jeito que a sinto. E foi assim que busquei reinterpretá-la", explicou Elza.

 

 

 

 

MOMO. - ROSTO ZEN

 

Projeto do cantor e compositor Marcelo Frota, lança mais um single, definido por ele como uma história de amor surrealista. A faixa foi produzida por Tom Biller (Elliott Smith, Fiona Apple, Karen O), que colaborou com MOMO. em "I Was Told To Be Quiet", disco lançado em novembro de 2019.

 

 

 

 

ALLICE - CASO RARO

 

Primeiro single do EP de estreia da artista que sai este ano e produzido durante esse período de isolamento. A faixa traz uma vibe pop anos 80. "Esta primeira música do meu trabalho fala sobre uma paixão marcante daquelas que você quer guardar para sempre. Fala do amor leve, ingênuo e divertido. Por isso o nome 'Caso Raro', porque sei que é raro mesmo e para mim, a forma mais natural de guardar essa experiência foi compondo", conta ela.

 

 

 

 

CRACA - AFFECTION REFLECTION

 

Produtor musical e artista visual, Craca decidiu reunir os dois universos durante a quarentena e o resultado foi esta peça músico-visual lançada como um videoclipe (e um novo single) inspirado no conceito de cinema expandido. Ali, música eletrônica e imagens de cristais em suspensão se somam para gerar um fluxo narrativo. No vídeo, a peça musical é executada ao vivo, assim como as imagens vinculadas aos samples e loops.

 

"Atualmente vivemos numa sociedade regida pela imagem em cristal líquido (computadores, celulares, televisões). 'Affection Reflection' trata justamente dessa nossa particular relação com os cristais líquidos. Podemos dizer que estes são (ainda mais neste período de quarentena) um portal para o outro. Vemos o outro e interagimos com o outro como se ele ali estivesse de fato", diz ele.

 

 

 

 

TUCA MEI - BEM MULHER (ELA VEM DO MAR)

 

Primeiro single do disco "Dasatino", segundo EP da cantora carioca. A canção é uma MPB com pegada mística e pop, envolvente, que fala sobre a mulher que abraça sua essência, numa ampla busca por si própria, como o mar, que tem várias profundidades e tons. "Com a minha música espero mostrar que ser mulher é positivo, nutritivo e acolhedor, tendo a dualidade de ser vulnerável e poderosa", diz Tuca.

 

 

 

 

ČAO LARU - LA RUTA NATURAL

 

Novo lançamento da banda, dessa vez uma canção sobre o ato de sonhar e “encontrar” pessoas queridas que já se foram. A história de "La Ruta Natural" se inicia nos sonhos do baterista Manuel Tirso. "Sempre sonhei com meu pai e com alguns amigos e familiares que já se foram. Refletindo calmamente sobre o tema, pensei em transformar essas sensações em música! O resultado é uma mensagem que trata dos nossos sonhos como encontros com pessoas queridas que já não estão mais conosco".

 

 

 

 

THE PRETENDERS - THE BUZZ

 

A faixa estará em "Hate For Sale", primeiro disco do grupo em quatro anos e será lançado via BMG Brasil. 'Acho que todos sabemos que alguns relacionamentos podem assumir características de um vício em drogas. É sobre isso a música. Não é meu caso, é claro - eu nunca sou obsessiva, nunca obsessiva, nunca obsessiva…", conta a guitarrista e vocalista Chrissie Hynde sobre a música. Clipe no ar:

 

 


 

 

SSHH feat BNEGÃO - EXTRA, EXTRA

 

Novo single do duo londrino formado pela riot girl Sharna 'Sshh' Liguz e Zak Starkey, que também é baterista do The Who. O clipe foi gravado no Rio de Janeiro.

 

 

 

 

BON IVER - PLIDF

 

A nova música [cujo nome é um acrônimo de Please Don't Live in Fear] vem apoiar os profissionais de saúde na frente de combate ao coronavírus. Em esforço para fornecer itens médicos essenciais para aqueles que mais precisam, a banda está doando 100% dos recursos da faixa para a Direct Relief, a organização de ajuda humanitária que age em conjunto as autoridades de saúde pública, organizações sem fins lucrativos e empresas para fornecer equipamentos de proteção nos EUA e no mundo.

 

 

 

 

THE USED - HEARTWORK

 

A banda lança seu oitavo disco. São 16 músicas cujos temas "vão da exploração lírica, autoconsciência e política", diz a banda. O single "Cathedral Bell" já tem clipe:

 

 

 

 

THE DEAD DAISIES - UNSPOKEN

 

A banda liberou o lyric vídeo da faixa de seu próximo disco, "Holy Ground".

 

 

 

 

***

 

 

 

 

CARNE DOCE - SAUDADE

 

A banda goiana lança mais um single do próximo disco - ainda sem nome, sem data, mas já com capa (ela já apareceu aqui, trazendo o pequi como protagonista). Eles já lançaram "Temporal" e "Passarin". Ouça:

 

 

 

 

FIONA APPLE -FETCH THE BOLT CUTTERS

 

Depois de oito anos sem lançar discos, a cantora mostrou que ainda tinha muito para dizer e soltou o novo álbum. Há quem diga que o disco promete ser o álbum do ano. São 13 canções -- com participações especiais da atriz e modelo Cara Delevingne, da cantora Maude Maggart e dos cães de Fiona (na faixa título). O primeiro single é "I Want You To Love Me".

 

 

 

 

BAIANASYSTEM - FUTURO DUB

 

Os baianos lançam uma nova versão do disco "O Futuro Não Demora" (2019): "Futuro Dub". O disco traz a produção de Buguinha dub, diretamente de Olinda. Buguinha já trabalhou com Nação Zumbi, Racionais MC’s, Black Alien e com o próprio Baiana. É tido como mestre da engenharia sonora que é uma referência no Brasil quando se fala de Dub. A banda recomenda aos ouvintes: "Aguce os sentidos, abram o coração e os ouvidos e estejam atentos ao presente".

 

 

 

 

AMEN JR - VOCÊ ME FAZ TÃO BEM

 

O trio indie lança um single enquanto finaliza o novo álbum. Com uma pegada bem pop, o lyric video conta com uma edição bem pessoal, com cenas reais de um casal de amigos da banda. A maioria das músicas do novo álbum seguirão a mesma pegada do EP "Futuro", trazendo ainda mais sons experimentais, uma vez que o EP também faz parte do álbum.

 

 

 

 

PERSIA - HEROÍNA

 

A banda paulista repagina seu som e seus integrantes, e se prepara para o lançamento de um novo disco no próximo semestre. Composta majoritariamente por mulheres, Juliana Vieira (guitarra), Naíra Debértolis (baixo) e Carol Pisco (bateria) se unem ao vocalista Felipe Mattos em uma banda itinerante, cujo a ideia é sempre mudar as instrumentistas - que devem manter parcela feminina do grupo por igual em todas as versões. Uma prévia do que a banda prepara você pode conferir na faixa "Heroína".


 

 

 

LUIZA AUDAZ - BAHIA-FLOR

 

Artista de Vitória da Conquista (BA), Luiza Audaz estreia como cantora solo, na gravadora Deck, após uma indicação de ninguém menos que Pitty, que a assistiu enquanto viajava pelo Brasil com a turnê Matriz. O clipe da música, dirigido por Luciano Matos, é carregado de simbologia e faz referência ao legado e à força ancestral baiana. Filmado na parte histórica de Salvador, seus detalhes remetem a causas sociais, detalhes históricos e religiosos.

 

 

 

 

VÍTOR GUIMA - POR AÍ

 

Primeiro clipe do disco de estreia do cantor, "O Estrangeiro" (2019). Gravado no interior de São Paulo por Tião Rocha, o vídeo é estrelado pelo próprio cantor. Ele encarna o papel de um andarilho solitário, caminhando pelas estradas do Estado brasileiro ao cair da noite. "'Por Aí' tem na sua essência essa solidão de avenidas, dessas situações em que apenas os faróis nos encaram e que nos sentimos alheio ao mundo a nossa volta e seguimos buscando algo", explica o artista.

 


 

 

CLARICE FALCÃO E LINN DA QUEBRADA - O AFTER DO FIM DO MUNDO

 

Como trilha sonora para tempos difíceis, a cantora, compositora e atriz Clarice Falcão chora e dança ao mesmo tempo na música feita à distância, na quarententa. "Desde a primeira vez que vi a Linn performando ao vivo eu sabia que queria trabalhar com ela. A Linn tem um poder, uma força e uma potência de um batalhão inteiro. Anos depois, quando eu terminei de compor esta música, eu tive certeza que esse era o momento dessa parceria. Afinal, se o mundo for acabar, eu quero estar do lado da Linn que eu não sou boba nem nada”, conta Clarice".

 

 

 

 

BILTRE - COBRA CORAL

 

A banda carioca volta no tempo com um vídeo de "Cobra Coral", faixa do seu primeiro disco. A canção ganha um registro baseado em material de arquivo, batizado pelo grupo de "clipirata". O vídeo é uma montagem feita em cima da performance "Snake Dance", gravada em 1952, com os bailarinos Janine Janik e Christian Arnaut. Ela foi originalmente veiculada no programa The Colgate Comedy Hour, no canal americano NBC nos anos 50.

 

 

 

 

COLETÂNEA HBB

 

"Keep Breathing: a lo​-​fi tribute to all the lonely hearts during social distancing" é uma coletânea lançada pela gravadora paulista Hearts Bleed Blue (HBB) que reúne diferentes artistas que produziram versões caseiras de canções durante esse período de isolamento social. São 15 faixas gravadas por nomes como Ultramen, Érika Martins & Gabriel Thomaz (Autoramas), Clemente Nascimento (Inocentes), Gustavo Riviera (Riviera Gaz), entre outros.

 

Ouça e faça o download das faixas AQUI.

 

 

 

 

SORRY - PERFECT

 

Indie redondinho direto do norte de Londres, com um riff feito para dançar -- e grudar, claro. A faixa faz parte do disco de estreia da banda, "925". Dê play.

 

 

 

 

AMESLARI - NEON LOVE

 

A faixa faz parte do primeiro álbum de estúdio do músico, "City Stories", com um pop rock que remete aos anos 1980, incluindo solos de guitarra e teclado. “O título vem da ideia de o amor ter 'apagado' como um sinal de neon que pisca e apaga. É uma das minhas faixas favoritas do disco", comenta o cantor. Assista ao clipe:

 

 

 

 

TIM BURGESS - LAURIE

 

O cantor (vocalista do The Charlatans) lançou um clipe de "Laurie", que estará em seu próximo disco solo, "I Love The New Sky", previsto para sair no dia 22 de maio via Bella Union. Burgess diz: "'Laurie' é uma carta de amor para o futuro do passado. Uma visão edificante do mundo, escrita sobre uma época em que é difícil encontrar positividade, mas quando você precisa de otimismo mais do que qualquer outra coisa".

 

 

 

 

GABI DOTI - ECO

 

A brasiliense (nascida no Uruguai) lança o videoclipe da música "Eco", do recém-lançado disco "Outra razão".

 

 

 

 

MACHETE BOMB - PIXO RETO

 

Mais uma live do projeto MXT coMvida. Dessa vez, Madu Madureira, produtor e líder da banda curitibana Machete Bomb, convidou Alienação Afrofuturista e Thestrow para "Pixo Reto", misturando rap, samba, heavy metal e drum'n'bass.

 

 

 

 

***

 

 

OBINRIN TRIO - ORIGEM

 

Primeiro disco do trio paulistano formado por Elis Menezes e Raíssa e Lana Lopes. O álbum já vinha nascendo desde 2018, quando o trio lançou "Solidão Vira Revolta". Na sequência, em 2019, o grupo seguiu gravando e divulgou um segundo single, "Aquele Gingado", culminando neste início de 2020, com a fase de finalização das nove faixas do disco.

 

OUÇA AQUI

 

 



 

FRANCISCO EL HOMBRE - JUNTOS NUNCA SÓS

 

Parceria com a cantora Luê "feita em 1 semana em plena quarentena", como diz o próprio grupo, ganhou videoclipe feito em casa:


 

 

 

BACO EXU DO BLUES - MATE TODOS ELES

 

Faixa extra do EP "Não tem bacanal na quarentena" que o rapper lançou no final de março.

 

 

 

 

VIVENDO DO ÓCIO - VIVENDO DO ÓCIO

 

A banda lança seu quarto disco, homônimo, com dez faixas inéditas e encerra o hiato sem lançamentos desde 2015. Algumas músicas já tinham ganhado clipe, como "Cê Pode", "Muito" e "II Tempo".

 

 

 

 

LUBVITES - LOUD FAST SOUL

 

Segundo disco da banda de Londrina. São sete faixas com referências que vão do rock clássico, passando pela soul music, até chegar no indie. Além disso, vale o destaque para o arranjo vocal das canções. "Apresentamos um disco propositalmente com sete músicas, álbum breve, que além de trazer a carga mística de transformação do número sete (sete são os dias da semana, sete são os principais chakras, mosaico de cores arco íris, sete virtudes cardeais, sete pecados capitais), ainda aponta aspectos da dualidade em que estamos inseridos, vivendo neste mundo efêmero", comenta o guitarrista Igor Diniz. Assista ao primeiro clipe do disco, da faixa "Youthquake":

 

 

 

 

SKANK E ROBERTA CAMPOS - SIMPLESMENTE

 

Canção composta por Samuel Rosa e Chico Amaral, a música já foi gravada por Marina Machado e Pedro Mariano . A música ganhou um reforço na gravação: a participação especial da cantora Roberta Campos.

 

 

 

 

ESTEBAN TAVARES - TEMPORAL

 

A faixa antecipa a 2ª parte do disco "Toda Mañana Tendrás una nueva canción: Santa Fe".

 

 

 

 

GORILLAZ FT. PETER HOOK E GEORGIA - ARIES

 

Dando sequência ao projeto "present Song Machine" onde gravam várias canções com outros artistas, a banda de Damon Albarn lançou uma parceria com o ex-baixista do New Order e a produtora Georgia. Assista ao vídeo:

 

 

 

 

WESTERMAN - WAITING ON DESIGN

 

O cantor lança mais um single do seu disco de estreia "Your Hero Is Not Dead", que sai no dia 5 de junho. "Waiting on Design" começa com um zumbido leve, depois se desenvolve lentamente em um corte intrincado e bonito do limbo emocional e da ansiedade. Sobre a música, ele conta: "Eu estava pensando no absurdo do eu e em como ninguém quer se olhar da perspectiva das pessoas que machucam. O que é interessante para mim sobre contar histórias não é necessariamente as próprias histórias, mas a conexão mútua que vem da compreensão das pessoas sobre o que está sendo conjurado por essa história".

 

 

 

 

 

LAURA MARLING - SONG FOR OUR DAUGHTER

 

A cantora inglesa antecipou o lançamento de seu novo disco. "É estranho ver a superfície de nossa vida cotidiana se dissolver, deixando apenas o essencial; aqueles que amamos e nossa preocupação por eles. Um álbum, despido de tudo o que a modernidade e o individualismo criaram, é essencialmente um pedaço de mim, o que gostaria que você tivesse. Eu gostaria que você ouvisse uma história sobre a experiência fragmentária e sem sentido do trauma, uma longa busca para entender o que é ser uma mulher nessa sociedade. Quando ouço agora, faz mais sentido para mim do que quando escrevi. Meus escritos, como sempre, foram meses, anos, diante de minha mente", contou ela.

 

 

 

 

VANESSA BUMAGNY - CINEMA ILUSÃO

 

Música composta em parceria com Zeca Baleiro marca o retorno da cantora após seis anos sem gravar. Além de Zeca, Chico César participa da faixa e do clipe:

 

 

 

 

NATÁLIA KESHI - É TARDE DEMAIS

 

"Quem nunca viveu uma história cantada por um pagode? Essas letras traduzem a verdade escancarada dos corações apaixonados, gosto dessa nostalgia", diz a cantora que acaba de lançar essa versão para uma canção gravada pelo Raça Negra nos anos 1990, dando nova cara à música.

 

 

 

 

*** 

 

MARIANA FROES - ABRIL

 

Mais uma canção da cantora goiana que vem chamando atenção por suas versões de clássicos da música brasileira e composições autorais. Dessa vez, Mari Froes, como é conhecida pelo seu público, chega com uma faixa que trouxe ressignificações pessoais: "A inspiração pra escrever essa música foi uma reviravolta pela qual passei na minha vida pessoal em abril do ano passado. Para mim, 'Abril' é a capacidade de ressignificar o que existe dentro de cada um de nós, renascer – por isso a natureza morta é o conceito visual da capa. É entender o luto e nascer de novo a partir dele", conta. Bora ouvir?

 

 

 

 

SANDRO - MÚSICAS QUE NÃO SERIAM LANÇADAS SE NÃO FOSSE A QUARENTENA

 

O músico, cantor e compositor quebra o tédio dos fãs com uma coletânea íntima que estava engavetada -- com canções num formato mais cru, com letras inacabadas e arranjos diferentes -- e agora ganha o mundo. Os registros são de 2016 e 2017 e foram gravados no quarto do músico, por ele mesmo. "Num primeiro momento fiquei um pouco receoso em mostrar algo tão íntimo e inacabado, mas ao mesmo tempo me senti leve em mostrar as imperfeições e a verdade desse projeto. Tive o cuidado de nem remixar justamente pra não perder nada da essência original das músicas", diz. Ouça:

 

 

 



FANTASTIC NEGRITO -  CHOCOLATE SAMURAI 

 

O cantor e compositor americano lançou o vídeo inspirado pelo momento atual que a humanidade vive, de confinamento e distanciamento social, que pode gerar ansiedade e estresse nas pessoas. O Fantastic foi um dos entrevistados na nossa série O Artista em Processo. Releia aqui.

 

 


RODRIGO ALARCON ft. MARIANA FROES - 15b

 

O single saiu em fevereiro e agora ganha clipe que mostra um outro lado da saudade -- tenha um lencinho ao lado ao final do vídeo. "A saudade deve nos mover a seguir em frente, por nós e por todos os que sentimos falta. Quando fazemos as pazes com a saudade ela soma, faz crescer", diz o cantor. Alarcon considera que ressignificou a canção, escrita há algum tempo: "Foi o que eu aprendi nesse processo, por mais que nos doa - muitas vezes - a saudade pode ser encarada como a presença de quem a gente gosta dentro de nós. Isso faz com que ela sirva de combustível para que passemos e superemos qualquer adversidade", completa.

 

 

 


TATÁ AEROPLANO - RESSURREIÇÃO

 

A versão do cantor para a música de Jorge Mautner, lançada por ele em 2006 com Nelson Jacobina no disco "Revirão". A faixa estará no álbum "Delírios Oníricos" com lançamento previsto para maio. "Pirei demais quando escutei essa música, entrou na minha vida de uma maneira intensa. Em 2007 eu discotecava em várias festas na noite e ela fazia parte do meu set e também das minhas caminhadas pela cidade. Sinto que me realizei gravando ela", diz Tatá. 

 

OUÇA AQUI 

 

 


Tatá Aeroplano  (Foto: Luiz Romero) 

 


LINN DA QUEBRADA ft. LECHUGA ZAFIRO - ORAÇÃO

 

Linn foi convidada pelo selo mexicano Naafi na celebração de seus 10 anos de vida e lançou a música "Oração (Pense y Dance)" em parceria com o produtor uruguaio Lechuga Zafiro. A faixa que também chega com um videoclipe é uma parceria da Naafi com a plataforma mexicana ONDA MUNDIAL. Na canção, Linn trata de amor trans e como ponto principal está desejo o feminino, tônica que faz parte de todo o seu trabalho e mostra como ele é transgressor. A música foi originalmente lançada em novembro de 2019. 

 

 

 


BABI JAQUES E LASSERRE - SEGUIR A VIDA

 

O duo de Recife vai lançar o disco "Sóis" em julho, e até lá vão soltar um single por mês. O primeiro é "Seguir a Vida", que chega nesse momento oportuno onde muitos estão questionando exatamente a vida em meio a toda essa crise. Aqui vai um pouco de leveza e esperança para você dançar enquanto pensa em toda essa loucura.

 

 

 

 

MARIANA DEGANI - LAGO CORNALINA

 

O single faz parte do segundo disco da cantora, "Opera Venus", que sai logo mais. A faixa leva o nome da pedra, de cor laranja, que está sintonizada ao chakra do ventre. Inspirados por uma ambiência nostálgica, Mariana e Remi (Chatain), seu parceiro musical e de vida, produziram a canção com influências sonoras de um trip-hop-tropicalista. Ou, como costumam chamar, um "trop-hop". Afetiva, a música começa marcada pelo ritmo das batidas do coração de um bebê ainda dentro da mãe.

 

 

Quem escreveu
Andréia Martins

É jornalista, trabalhou com edição e reportagem nos portais Vírgula, Globo.com e UOL cobrindo música, política e internacional. Hoje segue na redação e também é editora do Roteiros Literários, sobre literatura e viagem.

Outras matérias e entrevistas