10 artistas indicam 10 novos sons pra você conhecer [1ª edição]

Das mais difíceis e dispendiosas tarefas da modernidade: acompanhar todos os lançamentos e novos artistas que surgem no cenário brasileiro.

Vivemos um momento especial, em que descobre-se diariamente talentos diversos vindos de regiões diversas: são cantores, cantoras, compositoras e compositores, bandas, trios, duos, grupos instrumentais ou com mais de um vocalista, liderados por um ou democráticos sem líder: há de tudo e há liberdade acima de tudo.

Para apresentar um pouco do que está vindo por aí na cena musical desse Brasil varonil, convidamos 20 artistas para responderem à pergunta: qual banda/artista em início de carreira vem chamando sua atenção?

E as respostas trouxeram novos sons - alguns novíssimos sons.

Confira quais artistas novos estão fazendo a cabeça de Pitanga em Pé de Amora, Letuce, Trupe Chá de Boldo, Bruno Morais, Móveis Coloniais de Acaju, Cacá Machado, Fabio Góes, Gabriel Mayall (Do Amor), Eduardo Valiente (Amplexos) e Selton. 

*

1. Pitanga em Pé de Amora indica... VANESSA MORENO e FI MARÓSTICA

Por que?

"São dois virtuoses no que fazem, com uma formação bem inusitada e difícil: baixo e voz. Eles conseguem, com muita espontaneidade, criar cenários, sons e belezas como poucos. Eles acabaram de lançar um disco. Intitulado "Vem Ver", o disco ainda conta com participações de artistas fantásticos como o guitarrista Chico Pinheiro, o compositor mineiro Sérgio Santos e outros maravilhosos que agregam lindamente ao som do duo.

Além de músicas de autoria própria, é possível ouvir interpretações de clássicos da música popular como "Conversa de Botequim", onde eles arrasam e transbordam criatividade, mostrando que é possível fugir de padrões pré estabelecidos no que que se refere a instrumentação. Feito para apreciadores de música, de arte, não de produtos. Um disco ímpar."

Música preferida - "Samba com Pressa"

"Vanessa Moreno batucando numa sacola plástica e cantando "Samba com Pressa" de Rosa Passos. Fica como nossa preferida do show deles."

Conheça outros sons de Vanessa Moreno e Fi Maróstica

2. Letícia Novaes (Letuce) indica... PROJETO CUNHÃ

Por que?

"O casal que faz as músicas (Lizandra Azevedo e Fernando Grilo) é fã do Letuce e me mandou o link deles e eu ouvi de curiosidade, e fiquei chapada pela voz da Lizandra, pela sonoridade gostosa, as músicas me abraçaram legal. Eles ainda não disponibilizaram muitas músicas, mas dá pra saber que vem coisa boa por aí."

Conheça outros sons do Projeto Cunhã

3. Trupe Chá de Bolso indica... FILARMÔNICA DE PASÁRGADA

Por  que?

"A Filarmônica de Pasárgada é uma banda de São Paulo que tem nos atraído bastante. Eles têm um jeito doido de pensar a canção, aberto e instigante. Incorporam à canção um material inusitado. A Filarmônica é uma banda muito viva. Para além da influência dos grupos do Lira Paulistana, como o Rumo, é uma banda que abre os ouvidos e os espaços no presente".

Música Preferida - "Fiu Fiu"

"Têm uma música muito boa deles que ainda não foi gravada, "Fiu Fiu". Eles vão gravar no próximo disco. Fizemos uma versão para tocar no nosso show. Ela é "prima" da nossa canção, "A Rolinha e o Minhocão". É quente, fala de sexo e  prazer de um jeito liberado. Liberado inclusive dos machistas, de caretas e carolas de plantão. A relação com a Filarmônica também rendeu uma nova parceria com a Trupe. E ainda renderá mais. Mas isso é assunto pra outras conversas..."

Conheça outros sons da Filarmônica de Pasárgada

4. Bruno Morais indica... JUÇARA MARÇAL

Por que?

"O disco dela não saiu ainda, mas ela faz parte da minha banda nacional preferida, o Metá Metá, e está gravando disco solo. Digamos que eu estava torcendo pra isso acontecer faz tempo e tenho certeza que será um estouro! Ela é a mais interessante cantora do Brasil do momento. De interpretação e personalidade sem precedentes."

Música Preferida - "São Jorge"

"Como o disco da Juçara ainda não saiu vou indicar uma faixa de um disco dela com Kiko Dinucci chamado Padê. A música chama-se "São Jorge".

Conheça outros sons de Juçara Marçal

5. Móveis Coloniais de Acaju indicam... BRUNO SOUTO

Por que?

"Indico o trabalho solo do Bruno Souto! Já gostava do trabalho da Volver, mas este primeiro disco solo dele, "Estado de Nuvem", me surpreendeu. Já conhecia a Volver e nem sabia que o Bruno estava lançando algo novo... Eu não me lembro se foi o José Flávio Júnior ou o Miranda que me mostrou. Acho que, de alguma forma, os dois contribuíram pra que eu o ouvisse."

Música preferida - "Eu e o Verão"

"Para alguns, este foi o melhor lançamento deste ano... não tenho preferida. Indico "Eu e o Verão"."

Conheça outros sons de Bruno Souto

6. Cacá Machado indica... RODRIGO CAMPOS

Por que?

"Gosto muito do trabalho de Rodrigo Campos. Existe nele uma originalidade radical na composição da canção, digo tanto da música como da letra. Rodrigo vem do samba como universo de formação afetivo mas procurou expandir sua musicalidade para outras linguagens flertando com a música negra norte americana e africana. Seu último disco “Bahia Fantástica” tem uma sonoridade de banda muito forte e original, todo costurado por contrapontos de guitarras e sax. Rodrigo gosta de falar do cotidiano e, em Bahia Fantástica, criou uma poética toda própria (como por exemplo a canção “Ribeirão”, “ribeirão encheu, ribeirão sangrou” sobre uma Bahia, neste caso, escravocrata imaginária). As personagens que Rodrigo criou aqui são um desenvolvimento das do seu primeiro disco, “São Matheus não é um lugar tão longe assim”, digo em seus dramas e conflitos, e é aí que está sua originalidade: porque a mítica paisagem da Bahia não serviu de quadro genérico para suas história, são suas histórias que habitam a velha cidade colonial em contraponto com à contemporânea Salvador (“Andressa chegou na praia hoje/ Comeu feijão arroz/ E bife a milanesa”, Princesa do mar)."

Música preferida - "Ribeirão"

Conheça outros sons de Rodrigo Campos

7. Gabriel Mayall ("Bubu", da banda Do Amor) indica... OPALA

Por que?

"Indico o projeto Opala, composto por Maria Luiza Jobim e Lucas de Paiva. Ouvi o som deles e gostei muito. Achei a soma de voz e eletrônicos muito boa, principalmente as camadas de vozes com as batidas programadas. Recentemente estivemos eu e Benjão no Festival No Ar Coquetel Molotov em Recife onde por pouco não os vimos. Fiquei sabendo do show de estréia deles no Espaço Comuna e infelizmente não consegui conferir, então fui acompanhando no Soundcloud."

Música preferida - "Come Home"

Conheça outros sons de Opala

8. Fabio Góes indica... JENNIFER SOUZA

Por que?

"Há muito tempo gosto do Transmissor, a banda de Belo Horizonte da qual faz parte essa cantora e compositora. Só que ela acaba de lançar seu primeiro disco solo, e portanto é um início de carreira. Essa turma toda tem um jeito de fazer música que me emociona muito. E o disco da Jeninha tem esse viés, só que focado na beleza da voz dela, sob uma atmosfera acústica, sofisticada, sem ser hermética, porque no final é um trabalho de música pop, de música de cantar, de cantar junto. Eu gosto muito de trabalhos que fazem isso, sem abrir mão da inspiração. Aliás, tenho a impressão que não sai nada dali que não seja muito inspirado. Ela me chamou pra cantar e tocar piano em uma das músicas desse disco, "Pedro e Lis". Você tem alguma dúvida de que eu fui amarradasso?"

Música preferida - "nenhuma exatamente" (a gente, então, indica a parceria entre os dois)

Conheça outros sons de Jennifer Souza

9. Eduardo Valiante (Amplexos) indica... SÍNTESE

Por que?

"Tem uma galera de São José dos Campos (SP), o Síntese. A gente conheceu há pouco tempo. Era uma dupla, hoje é só um MC correndo, o Neto. Eles lançaram um disco ano passado, "Sem Cortesia – Vagando na Babilônia / Em Busca de Canaã" (baixe aqui). São 28 faixas, quase sem refrão. Acho que o que mais chapou a gente aqui é o discurso, que é próximo do que a gente acredita, e a sinceridade dos manos mesm. Vi umas coisas ao vivo, é quase agressivo a parada, parece que os MC’s querem entrar no seu ouvido. A urgência da mensagem, a espiritualidade presente."

Música preferida - "Equação"

Conheça outros sons de Síntese

10. Ramiro Levy (da banda Selton) indica... O TERNO

Por que?

"Tem muitos pontos que nos fizeram curtir o som deles. Além da qualidade técnica dos três, gostamos muito da criatividade dos arranjos e da qualidade do vocal. Acho que houve também uma identificação na influência sessentista que eles trazem na essência. Apesar da música deles ser muito diferente da nossa, acho que temos essa irreverência quase "tropicalista" em comum. Morando fora há tanto tempo, pegamos o hábito de estarmos sempre ligados no que tá rolando na cena brasileira, mesmo que à distância. Não me lembro por meio de qual site assistimos ao vídeo de "66" e nos interessamos na hora pela banda. Além de ser uma grande música, com uma excelente letra, o vídeo é de uma qualidade rara."

Música preferida - "Harmonium"

"Curtimos muito a música "Harmonium", lançada recentemente por eles. A música não pertence ao disco, acho que foi um single a parte que eles lançaram. A sensação que dá é que o nível da composição está aumentando, o que nos leva a esperar ainda mais ansiosamente por um novo trabalho deles. Acho que o próximo disco promete!"

Conheça outros sons de O Terno

E já saiu a 2ª edição, com A Banda Mais Bonita da Cidade, Gustavo da Lua (Nação Zumbi), Katia B, Wado, Paulo Carvalho, Rael, Alexia Bomtempo, Jair Naves, Bruno Souto e Andreia Dias indicando seus novos sons preferidos. Confira a lista.
Quem escreveu
Eduardo Lemos

Jornalista, ex-aluno de futuro promissor, ex-músico de gosto duvidoso e ex-meia direita que já fez gol que saiu no jornal.

Comentários
Postagens relacionadas

24/08/2017 Entrevistas

Chá das 4 e 20 Músicas | Maneva

Shows relacionados