Azoofa apresenta: 5 clássicas marchinhas de carnaval

Com o Carnaval se aproximando, muita gente já planeja a comemoração, seja no sambódromo, no clube ou na rua. Há quem estude o samba-enredo por meses antes de soltar o gogó junto de sua escola de coração. Tem gente que prefere curtir um trio elétrico cantando os hits radiofônicos do momento. Pra mim, falou em carnaval, falou em bloco de rua. E falou em bloco de rua, falou em marchinhas. Listamos, então, 5 das mais famosas canções do gênero que devem figurar na maioria dos festejos carnavalescos, incluindo o tão aguardado O Espetacular Bloco da Charanga do França, comandada pelo saxofonista Thiago França.

#5 Me Dá Um Dinheiro Aí

Composta em 1959 por Ivan, Homero e Glauco Ferreira, atingiu extrema popularidade na voz de Moacyr Franco durante o carnaval de 1960, antes de ser gravada, também, pelas estrelas do rádio Marlene e Elizeth Cardoso.

#4 Mamãe Eu Quero

Ao contrário do que muitos pensam, a gravação original desta marcha de carnaval não é de Carmen Miranda. “Mamãe Eu Quero” foi escrita em 1937 por Jararaca e Vicente Paiva, mas foi graças a cantora luso-brasileira, após o carnaval de 1941, que ganhou tamanha popularidade.

#3 A Pipa Do Vovô

Quem está na casa dos trinta, cansou de ouvir esta na voz de Silvio Santos, nas vinhetas de carnaval do SBT, durante os anos 80 e 90. Mas não, não foi o Patrão quem a escreveu, foi o casal Manoel Ferreira e Ruth Amaral, já em 1987, famosos por uma outra série de marchinhas, como "Muito Bem (Como Vai)" e "Transplante De Corinthiano" (Coração Corinthiano).

#2 Chiquita Bacana

Sucesso absoluto em todos os carnavais após sua criação, em 1948, a famosa música foi escrita por Braguinha, Alberto Ribeiro e João de Barro, e chegou a ganhar uma homenagem de peso do mestre Caetano Veloso, a inspirada (e inspiradora) “A Filha Da Chiquita Bacana”, presente no álbum Muitos Carnavais, de 1977.

#1 Abre Alas

De autoria da pianista, compositora e regente mais importante do Brasil, Chiquinha Gonzaga, é a primeira marchinha de que se tem notícia. Foi composta para o cordão de carnaval carioca Rosas de Ouro ainda no século XIX, mais precisamente no ano de 1889.

Quem escreveu
Daniel Branco

 

Comentários
Postagens relacionadas

23/04/2018 Azoofa apresenta

AZOOFA APRESENTA | Moxine

18/04/2018 Já ouviu?

JÁ OUVIU? | Cora lança novo single

Shows relacionados