PLAYLIST | André Mussalém

Depois de lançar "Maré", música que celebra Marielle Franco, André Mussalém lança "Resista, Meu Filho, Resista", segundo single do álbum "Pólis" que chegará em agosto nas plataformas digitais

     Em junho, o músico André Mussalém, uma das revelações da nova cena pernambucana, apresentou ao público a primeira música do álbum Pólis que chegará em todas as plataformas digitais no início de agosto. Maré é uma canção que celebra Marielle Franco, vereadora carioca brutalmente assassinada no centro do Rio de Janeiro, cujas circunstâncias da execução até hoje não foram explicadas.


     Hoje, Mussalém, este nem tão jovem compositor que já soma quase três décadas de autoria musical e mais de cem composições, lança o segundo single deste novo trabalho: Resista, Meu Filho, Resista foi composta a partir de um grave fato político ocorrido em Pernambuco durante o Carnaval de 2017. Na ocasião, a polícia militar apreendeu fantasias do bloco carnavalesco "Empatando tua vista". A troça - como são chamados os blocos em Pernambuco - costuma criticar às relações do governo (Municipal e Estadual) com as grandes construtoras e se posiciona contra o loteamento da cidade.  O incidente é visto até hoje como um dos mais graves de censura cultural das últimas décadas até porque ninguém sabe "de onde saiu" tal ordem de apreensão. O verso "e quando a polícia levava a bandeira que eu ia bordar/ mamãe me dizia "resista, o samba não pode parar" surge a partir deste fato. Na faixa, Mussalém faz um belo dueto com a cantora pernambucana Isadora Melo.


     André Mussalém é artista desde os 16 anos e desde cedo estuda o processo de formação do povo brasileiro por meio da música. No Morro da Minha Cabeça foi seu primeiro registro fonográfico e criticava os estereótipos do samba. Já Pólis resgata a tradição política do cancioneiro brasileiro da segunda metade do século XX. O samba assume um discurso de crônica e crítica com nítidas influências de Gonzaguinha, Aldir Blanc, Caetano Veloso, Chico Buarque, Ruy Guerra e do cubano Pablo Miláres. O álbum traz nove canções mais uma faixa bônus. Participaram de Resista, Meu Filho, Resista, Rafael Marques (bandolim e cavaco), Ricardo Freitas (violão sete cordas), Pablo Lopes (guitarra), Rostan Júnior (bateria), Eugênio Gomes (baixo) e Johnanthan Malaquias (acordeon).


     Aproveitando o gancho do disco, bati um papo rápido com o André e pedi a ele que indicasse OITO músicas pra nossa playlist que tivesse como eixo a politização. Taí:

Fabi Pereira: Quando a música entrou profissionalmente em sua vida?

André Mussalém: Em 2004, gravei um EP para Paulinho da Viola (Obra Aberta, Carta Fechada). Foi minha primeira experiência profissional com a música.  


FP: De que forma o cenário sócio/econômico e político do Brasil de 2018 atravessa suas composições?

AM: As músicas do álbum Pólis começaram a ser compostas em 2015, no momento em que o país entrava em uma instabilidade política que não passou. Já Maré foi composta no fechamento do disco, quando Marielle Franco foi assassinada; podemos dizer que todas as composições de Pólis são baseadas no cenário político, econômico e social do Brasil atual. 


FP: O que o público pode esperar de Pólis?

AM: Músicas com letras incisivas, sambas que reprocessam o cancioneiro brasileiro da década de 60 e 70 do Brasil. É um disco que traz muito do movimento cultural de 1968 e não é à toa que é lançado em 2018. 

Quem escreveu
Fabiane Pereira

Fabiane Pereira é jornalista, pós-graduada em Jornalismo Cultural pela ESPM e em Formação do Escritor pela PUC-Rio. É mestranda em Comunicação, Cultura e Tecnologia da Informação no Instituto Universitário de Lisboa. É curadora do projeto literário Som & Pausa e toca vários outros projetos pela sua empresa, a Valentina Comunicação. É apresentadora do programa Faro na rádio carioca SulAmérica Paradiso FM (95.7 FM).

Comentários
Postagens relacionadas

17/01/2019 Geral, Listas e coletâneas

#Desafiodos10anos: 7 discos de estreia para voltar a 2009

28/12/2018 Entrevistas, Listas e coletâneas

PLAYLIST : RASHID

18/12/2018 Geral, Entrevistas

Os discos de 2018 de Samuca e Luiz Gabriel Lopes

Shows relacionados
BACO EXU DO BLUES
22/02/2019 - 22:00 hs
Audio Club
R$100 a
R$60
comprar
BACO EXU DO BLUES
BLOCO BEATLES PARA CRIANÇAS
17/02/2019 - 16:30 hs
Casa Natura Musical
R$40 a
R$80
comprar
BLOCO BEATLES PARA CRIANÇAS
ANA CAÑAS
08/02/2019 - 21:00 hs
até 10/02/2019 - 18:00 hs
SESC 24 de Maio
ANA CAÑAS
BLACK MANTRA E BNEGÃO
09/02/2019 - 12:00 hs
Lar Mar
R$30
comprar
BLACK MANTRA E BNEGÃO