PLAYLIST | Drik Barbosa

Drik Barbosa e sua playlist com rappers empoderadas

     A artista FARO do mês de agosto é paulistana, tem 26 anos e acaba de lançar seu primeiro EP, "Espelho". Drik Barbosa é cantora, compositora e integrante do coletivo Rimas & Melodias. Seu trabalho de estreia tem o selo Laboratório Fantasma (Emicida & Fióti) e é permeado pelo simbolismo da água. “A água representa a purificação, a origem da vida, a limpeza e traz cura mas também é força e fúria quando necessário. E, independente de onde esteja, em um copo ou no oceano, a água continua sendo água e da mesma forma que, independente de onde eu vá ou esteja, mantenho a minha essência”, explica.

 

     Drik é uma das representantes femininas do rap, gênero musical que tem sido cada vez mais dominado por minas empoderadas que não têm medo de mostrar suas rimas pro mundo. Pedi pra Drik indicar oito rappers mulheres e bati um papo rápido com ela que compartilho com vocês.

 

     Pra quem mora no Rio e quer conhecer o trabalho da Drik de perto, é só aparecer na NOITE FARO - Especial 10 anos, dia 28 de agosto, na Casa de Cultura Laura Alvim. Ingressos a venda aqui.

Fabi Pereira: O machismo está presente em toda sociedade brasileira e em todas as áreas. Mas há algumas áreas onde ele é explicitamente gritante como no rap. Como você consegue driblar o machismo no dia a dia profissional?

Drik Barbosa: O amor pela música e o propósito que tenho fazendo meu trabalho, me dá coragem e força pra enfrentar tudo o que por preciso. É desanimador ter que ficar topando com o machismo toda hora, a cada passo, mas penso que se nós mulheres não estivermos “lá” ocupando um espaço que também é nosso, nada vai mudar e continuará sendo difícil pra nós. 

 

FP: Você lançou este ano o EP Espelho e já se prepara pra lançar seu primeiro álbum. O que seu público pode esperar desta estreia?

DB: Pode esperar muito RAP e R&B, várias colaborações lindas que vão abrilhantar esse disco, de artistas que amo e acredito que meu público vai amar também. Vai ser uma experiência incrível pra mim esse processo e também desafiador, estou animada pra viver isso e quero que o resultado leve boa música e muito amor pras pessoas. 

 

FP: Você sente dificuldades em passar o disco pro palco? Se sim, quais as principais dificuldades. Se não, como é costurado seu roteiro de show?
DB: 
Não sinto. Como o EP é muito sincero sobre quem eu sou e o que sinto, é natural e prazeroso interpretar as músicas. Costumo separar por “momentos” as faixas no setlist. Faço essa mistura do Rap & R&B, então tem lovesongs e tem músicas mais “pesadas” e que farão as pessoas refletirem sobre algo que quero passar. Como são vários sentimentos diferentes, separar por temas deixa tudo mais “organizado” e o público consegue acompanhar melhor minha mensagem. 

  

FP: Conta pra gente um pouco do seu processo criativo. Como surgem as canções? O que costuma te atravessar a ponto de virar música?
DB:
Eu sou muito sensível, sinto tudo intensamente, isso ajuda na hora de compor. Quando estou vivendo uma situação ou imagino uma situação que possa virar música, já começo a escrever. Como faço essa mistura do canto e rima, prefiro escrever já em cima de um instrumental, pra ir costurando a letra na melodia e na hora já vou vendo um resultado harmonioso. Compor pra mim é realmente uma terapia rs. 


FP: Para finalizar, em que ou de que modo viver na cidade de São Paulo afeta a artista Drik Barbosa? 

DB: Essa cidade é muito louca. rs. Sou feliz aqui porém é uma pressão gigante, muita gente, muita treta pra encarar. É difícil se “equilibrar” porque tem vários extremos mas nasci e cresci aqui, acabei aprendendo a manter um certo equilíbrio pra conseguir seguir. Mesmo nessa loucura que é, existe muito amor em SP.

Quem escreveu
Fabiane Pereira

Fabiane Pereira é jornalista, pós-graduada em Jornalismo Cultural pela ESPM e em Formação do Escritor pela PUC-Rio. É mestranda em Comunicação, Cultura e Tecnologia da Informação no Instituto Universitário de Lisboa. É curadora do projeto literário Som & Pausa e toca vários outros projetos pela sua empresa, a Valentina Comunicação. É apresentadora do programa Faro na rádio carioca SulAmérica Paradiso FM (95.7 FM).

Comentários
Postagens relacionadas

16/11/2018 Geral

FAMI

07/11/2018 Entrevistas, Listas e coletâneas

PLAYLIST <3 Os atravessamentos artísticos de Lirinha do Cordel

23/10/2018 Entrevistas

FALA-SE DE MÚSICA | Xenia França

18/10/2018 Geral

PLAYLIST | Amor Geral

Shows relacionados
EKENA
28/11/2018 - 21:00 hs
Teatro da Rotina
R$20 a
R$40
comprar
EKENA
FRED SUNWALK E VANESSA COLLIER
28/11/2018 - 21:30 hs
Bourbon Street
R$50
comprar
FRED SUNWALK E VANESSA COLLIER
ANNA SETTON
28/11/2018 - 21:00 hs
Baretto
R$140
comprar
ANNA SETTON
33 ANOS DA 89FM
28/11/2018 - 19:00 hs
Audio Club
R$30 a
R$60
comprar
33 ANOS DA 89FM
DAN COSTA
28/11/2018 - 21:00 hs
JazzB
R$30
comprar
DAN COSTA
LUCIANA MELLO
27/11/2018 - 21:00 hs
Teatro Porto Seguro
R$120 a
R$90
comprar
LUCIANA MELLO