Já Ouviu? Luiza Casé

29/07/2019

Cantora falou com o Azoofa sobre o primeiro disco, 'Mergulho'

 

 A cantora Luiza Casé (Foto: Peter Wrede)

 

A atriz e cantora Luiza Casé levou a sério uma conversa que teve com Plínio Profeta: "Não haverá atenção para você se você for só uma intérprete comparado à que teria sendo compositora".

 

As palavras do experiente produtor perseguiram Luiza. Ela que já tinha atuado em Malhação, vencido o reality show Geleia do Rock (Multishow) e se arriscado como vocalista da banda Os Gutembergs tinha um novo desafio: compor. O resultado é o disco 'Mergulho', que ela acaba de lançar pela Universal Music, com produção de Arto Lindsay e Thiago Nassif.

 

"Sempre cantei desde pequena. Acho que a música foi ganhando um espaço na minha vida porque é uma coisa que você pode fazer no quarto, é íntimo", conta ela ao Azoofa.

 

Com um repertório 100% autoral (das 10 faixas, 8 foram escritas só por ela, uma em parceria com Lindsay e outra com Nassif), ela relembra os dias de frio na barriga quando enviou uma música ao produtor americano Arto. "Foi muita ansiedade. Lembro que enviei a música para ele e fiquei esperando ele ler e o retorno foi muito bom", diz Luiza.

 

Capa do disco 'Mergulho'

 

Sobre a exposição comparada ao atuar, ela conta que não sentiu muita diferença ao cantar suas próprias letras. "As duas coisas são intensas. E isso está na entrega. Eu tinha maturidade sobre o que eu queria falar. Mas tem sim um lugar de incômodo, de vergonha em mostrar as músicas inicialmente, aquele medo de rejeição que todo mundo tem, mas faz parte".

 

O disco tem uma cara de Rio de Janeiro, talvez pelo tom tropical, solar, algo que nos remeta à cidade, e bem pop. Na banda que a acompanhou, um time de peso: Davi Moraes (guitarra), Gustavo Benjão (baixo, guitarra, teclados e programações), Jonas Sá (sintetizadores e programações), Kassin (baixo e guitarra), Marlon Sette (trombone), Ricardo Dias Gomes (teclados) e Thiago Nassif (guitarra, sintetizadores e programações).

 

"No começo, fiquei ansiosa por trabalhar com eles, mas eles foram muito generosos comigo". Agora, para levar o disco aos palcos, ela contou que vai cantar com um power trio e que a descoberta deste formato nos ensaios deu mais peso ao trabalho. "Foi um desafio pois a gente não sabia como ia ficar, mas acabou ganhando muita visceralidade", diz ela.

 

Ela toca em São Paulo ao lado da cantora Bárbara Eugência no dia 24 de agosto (veja mais infos aqui). Abaixo, três sons pra você começar a ouvir Luiza Casé.

 

PARA OUVIR:

 

 

 

Quem escreveu
Andréia Martins

É jornalista, trabalhou com edição e reportagem nos portais Vírgula, Globo.com e UOL cobrindo música, política e internacional. Hoje segue na redação e também é editora do Roteiros Literários, sobre literatura e viagem, e do blog Quadrinhas, sobre quadrinhos feitos por e sobre mulheres.

Outras matérias e entrevistas