Já ouviu? MAYA

Cantora de Niterói lança primeiro EP unindo R&B, indie, afrofuturismo e sensualidade; ouça

Capa do EP Love, cantora MAYA

 

R&B e indie unidos ao afrofuturismo e muita sensualidade, seja nas letras, melodias e estética. Essas são algumas características das músicas que a cantora MAYA já apresentou ao público no seu primeiro EP, Love.

 

Para este trabalho, a jovem cantora de Nitérioi (RJ) cita referências como H.E.R, Rihanna, ABRA, River Tiber e "bastante R&B" e conta que cantar está nos seus planos desde cedo. "Eu sempre quis fazer música e sempre tive a Maya em mim, mas ao decorrer da vida foi aflorando cada vez mais. Estudei o que pude, mas não sei se posso dizer que estive me preparando para algo, estou aprendendo com o agora", conta ela em entrevista ao Azoofa.

 

Com os pais trabalhando com arte (ele, diretor de teatro e dramaturgo; ela, cantora de jazz DJ) e viajando muito, foi natural que o ambiente artístico despertasse alguma curiosidade na garota. "Acho que ver diversas realidades de vidas diferentes me ajudou a construir quem sou hoje, principalmente como pessoa... Ser maleável e me moldar ao outro ou a alguma situação", conta ela.

 

Depois de muitas idas e uma temporada em São Paulo, ela voltou ao Rio para se dedicar exclusivamente à música. "Eu amo o Rio de Janeiro, é o calor que só lá tem que me inspira a viver a arte e a vida de maneira leve".

 

SOBRE O EP LOVE

 

O EP traz 5 faixas ('Labirinto', 'Love', 'eBay', 'Tempo' e 'Set the Mood') e foi todo gravado no estúdio playground, no Rio. "Primeiro fizemos 'Labirinto', uma letra que eu tinha escrito fazia pouco tempo, mas que todos tinham certeza que teria que ser a primeira a lançar. Depois fomos produzindo as outras faixas. 'eBay' foi a última faixa a ser feita e a entrar no EP. Só virou single depois da terceira versão graças ao musicista Ariel Donato", conta ela. Todas as músicas foram produzidas por Carlos do Complexo, exceto 'Tempo', que foi feita em parceria com o produtor Lux Ferreira.

 

 (Foto: João Coutinho)

 

Todas as faixas já ganharam vídeo. No visual, MAYA quer reforçar essa sensualidade que a gente já sente nas letras e nas melodias. Ser sensual é ter poder e essa é uma tecla em que ela vai bater.

 

"Vivemos uma sociedade em que por muito tempo, a sensualidade feminina foi julgada como baixa, suja e vulgar! Por isso, acredito que quando nós mulheres exploramos nossa sensualidade e sexualidade sem esse peso, é uma forma de militância, poder e liberdade".

 

PARA OUVIR

 

A última música a ganhar vídeo foi 'Tempo'. No clipe a cantora traz uma versão ao vivo da faixa com o tecladista Lux Ferreira (Mahmundi, Duda Beat). Abaixo, 3 clipes pra você conhecer o trabalho de MAYA:

 

 

 

 

 

 

 

 

Quem escreveu
Andréia Martins

É jornalista, trabalhou com edição e reportagem nos portais Vírgula, Globo.com e UOL cobrindo música, política e internacional. Hoje segue na redação e também é editora do Roteiros Literários, sobre literatura e viagem, e do blog Quadrinhas, sobre quadrinhos feitos por e sobre mulheres.

Comentários
Postagens relacionadas

30/11/2019 Geral

LANÇAMENTOS DE NOVEMBRO

21/11/2019 Geral, Entrevistas

A ESSEPÊ DE JONNATA DOLL

13/11/2019 Geral, Entrevistas

LUCAS, DA MAGLORE, LANÇA CLIPE SOLO

07/11/2019 Geral, Entrevistas

O MANIFESTO AFRO, POP E ROCK DE CHICO CESAR

04/11/2019 Geral, Entrevistas

JÁ OUVIU: DENITIA

Shows relacionados
FESTIVAL NOVOS TALENTOS NO PARQUE
14/12/2019 - 16:00 hs
até 26/01/2020 - 16:00 hs
Parque do Ibirapuera
grátis
FESTIVAL NOVOS TALENTOS NO PARQUE
PAULA E JAQUES MORELENBAUM
28/12/2019 - 20:00 hs
até 28/12/2019 - 22:30 hs
Blue Note SP
PAULA E JAQUES MORELENBAUM
PEPE CISNEROS E TERESA MORALES
28/12/2019 - 22:00 hs
CCMI - JazznosFundos
R$30 a
R$40
comprar
PEPE CISNEROS E TERESA MORALES
ANETTE CAMARGO
27/12/2019 - 20:00 hs
Blue Note SP
R$30 a
R$60
comprar
ANETTE CAMARGO
MARLEY NIGHTS
20/12/2019 - 20:30 hs
até 23/12/2019 - 20:30 hs
Bona
MARLEY NIGHTS
NICOLAS KRASSIK
22/12/2019 - 21:30 hs
Canto da Ema
R$18 a
R$36
comprar
NICOLAS KRASSIK