SAMUCA E A SELVA

O coletivo musical chega na Casa de Francisca!

Na noite de quinta-feira, 18 de abril, o coletivo musical Samuca e a Selva passa pela Casa de Francisca com o repertório de Tudo que Move é Sagrado.

 

Nesse trabalho mais recente, o grupo homenageia os 70 anos de vida de Ronaldo Bastos, um dos principais compositores do Brasil e autor de clássicos como "Trem Azul", "Fé Cega, Faca Amolada", "Chuva de Prata", "Um Certo Alguém", "Sorte", entre outros sucessos.

 

Fruto da união entre o cantor e compositor Samuel Samuca e músicos de projetos de sucesso na cena contemporânea paulistana - Victor Fão, Bio Bonato, Fabio Prior e Guilherme Nakata, da Nomade Orquestra; Thiago Buda ex-membro do Bixiga 70; Felipe Pippeta, da OBMJ, além de Allan Spirandelli e Kiko Bonato, do Ba-Boom e Lucas Coimbra, substituto de Marcos Maurício -, o coletivo foi indicado em 2017 ao 28º Prêmio da Música Brasileira na categoria 'Canção Popular'.

 

Comentários
Como chegar
R. Quintino Bocaiúva, 22 - Sé - São Paulo
Sobre a casa
Casa de Francisca
Considerada pelos próprios proprietários como "a menor casa de shows de São Paulo", o ambiente remete a um bar-teatro-cabaré. Em 2017, iniciou uma nova fase ao mudar-se para o histórico Palacete Teresa Toledo Lara, localizado entre as ruas Direita, Quintino Bocaiúva e José Bonifácio, no centro de São Paulo. Apesar da nova sede ser um pouco maior que a casa saiba mais
Postagens relacionadas

20/09/2019 Geral

Lançamentos de setembro

03/09/2019 Geral, Entrevistas

O Artista em Processo: Luiz Gabriel Lopes

30/08/2019 Geral

Lançamentos de agosto

22/08/2019 Geral, Entrevistas

'Duvidaram da volta do Barão'

13/08/2019 Geral, Entrevistas

5 perguntas: Rodrigo Suricato

+ Casa de Francisca

só gratuitos