JORGE CERUTO

O CCMI - JazznosFundos celebra o Dia da África com o Baile do Ceruto!

No Dia da África, 25 de maio, o CCMI - JazznosFundos celebra a data e recebe o cubano Jorge Ceruto com o seu Baile do Ceruto.

 

O baile nasceu a partir da ideia de unir toda sua trajetória no Brasil com as histórias dos integrantes de sua banda, mergulhando nas culturas afro-cubana e afro-brasileira.

 

O trompetista, compositor, arranjador e cantor cubano escutava música em casa desde cedo. Começou a estudar aos 4 anos de idade e, aos 7, já escrevia composições. Após se formar no Conservatório Carlos Hidalgo com especialização em trompete e direção de bandas, passou a pesquisar a fundo a raiz rítmica e as influências africanas que deram origem às culturas afro-cubana e afro-brasileira.

 

Chegou ao Brasil em 1998 e visitou a Bahia, onde trabalhou com nomes como Carlinhos Brown e o maestro Letieres Leite. Morando no país desde então, já trabalhou com artistas e bandas consagradas, como Daniela Mercury, Jota Quest, Zeca Baleiro, Marina de la Riva, André Abujamra, João Donato, Ibrahim Ferrer Jr., Marcia Castro, Funk Como Le Gusta, Mariana Valdez de Moraes, The Temptations, entre muitos outros.

 

O primeiro trabalho solo de sua carreira, Mambo Que Sambo Vol. 1, foi lançado em 2013 e conta com canções escritas, produzidas e arranjadas pelo próprio Ceruto, e traz participações de João Donato e Zeca Baleiro.

 

Em seu segundo álbum, Mamita Bonita (2018), o músico apresenta seis músicas autorais em um LP e segue pesquisando as culturas do Brasil e Cuba, mas agora dando ênfase ao pop latino com influências do jazz, funk e soul.

 

Com Jorge Ceruto (trompete e voz), Luís Cabrera (saxofone), Tiquinho (trombone), Eduardo Marques (bateria), Marcelo Kurchal (guitarra), Liander Lobo (baixo) e Charles Kitute (percussão).

 

Comentários
Sobre a casa
CCMI
Antigo Jazz nos Fundos, o Centro Cultural da Música Instrumental (CCMI) tem como objetivo unir os amantes da música, arte e gastronomia em um espaço dedicado à musica instrumental e contemporânea. Compõem o local a Sala do Autor e novo Jazz nos Fundos, sendo o endereço o mesmo da histórica casa. saiba mais
Postagens relacionadas

21/06/2019 Geral

Lançamentos de junho

05/04/2019 Geral

5 perguntas: Aláfia

19/03/2019 Geral, Entrevistas

O Artista em Processo: Fantastic Negrito

02/03/2019 Geral

Carnaval em São Paulo

+ CCMI

só gratuitos
  • R$25 a
    R$40
    comprar